Efeitos do bullying na infância podem persistir até a vida adulta

Crianças que sofrem bullying podem, quando adultas, ter dificuldade de manter um emprego fixo e de desenvolver relacionamentos sociais, segundo uma pesquisa das universidades de Warwick, no Reino Unido, e Duke, nos Estados Unidos.

O risco de ter problemas relacionados à saúde também são multiplicados: tanto as crianças que sofriam bullying quanto as que praticavam apresentaram, no estudo, seis vezes mais chances de serem diagnosticadas com uma grave doença, de fumar com frequência ou de desenvolver algum tipo de transtorno psiquiátrico do que aquelas que não passaram por esse tipo de intimidação. Para os especialistas, é necessário tratar o bullying como um problema sério, considerando seus efeitos duradouros e significativos, e não como parte do amadurecimento ou algo inofensivo.

#bullying #crianças #comportamento

+ NOTÍCIAS