Mais da metade das crianças até 5 anos são fumantes passivas

Por causa do vício dos pais, 51% das crianças com até 5 anos são consideradas fumantes passivas, segundo uma pesquisa coordenada pelo Ambulatório de Drogas do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo (USP).

Essas crianças, segundo a pesquisa, desenvolvem mais otites e problemas respiratórios, como asma e rinite, comparadas com os filhos de pais não fumantes. Outro estudo, realizados nos Estados Unidos, analisou mais de 600 crianças e adolescentes com idade entre um e 16 anos, com asma ou chiado receptivo à broncodilatação.

Por meio de exames de sangue e de saliva, os resultados mostraram que essas crianças haviam sido expostas ao tabaco.“Não fumar perto das crianças ajuda, mas o ideal seria que os pais deixassem o cigarro, o que reduziria significativamente as chances de inflamações nos pequenos”, diz o pediatra Jorge Huberman.

#saúde #crianças #fumantes #cigarro #vício #notícias

+ NOTÍCIAS