Saudáveis, só na aparência!

Suco de caixinha, bolinho integral, barra de cereais... Esses produtos parecem ser boas opções para a criançada, mas não são tão saudáveis como prometem

 

Texto Marisa Sei

 

São muitas as opções de produtos industrializados que se dizem saudáveis. Essa característica, somada à praticidade, leva os pais a oferecerem aos pequenos o que acreditam que seja nutritivo e uma boa escolha, comparados a tantos produtos que não oferecem nada de bom, como os salgadinhos e os biscoitos recheados.

 

Mas, apesar da aparência, muitos alimentos não têm valor nutritivo e podem até exercer efeito contrário, prejudicando a saúde; por isso, devem ser consumidos com cautela. Confira 5 exemplos desses produtos e conheça alternativas para deixar a criançada saudável de verdade!

 

  • Suco industrializado

A bebida vem em caixinhas individuais, de tamanho ideal para ser levada na lancheira, além de ser uma opção para fugir do refrigerante. No entanto, são poucas as opções que oferecem boa quantidade de suco de fruta natural.

 

“A maioria apresenta alta quantidade de açúcar e também corantes artificiais, conservantes e aromatizantes, que são substâncias que prejudicam o organismo, aumentando o risco de alergias e câncer, por exemplo”, avisa a nutricionista Julieta HarumiTajima. Poucas marcas não possuem açúcar ou aditivos químicos e, ainda assim, perdem boa parte dos nutrientes da fruta durante o processamento.

 

Mais natural, melhor!

Uma saída é oferecer água de coco natural ou preparar sucos com frutas in natura em casa e armazená-los em garrafinhas térmicas, de tamanho apropriado para a lancheira. Para manter a bebida ainda mais geladinha, experimente preparar gelos saborizados: bata no liquidificador, por exemplo, manga picada com um pouco de água e leve ao congelador em forminhas de gelo. Depois, é só acrescentar esses gelos nos sucos preparados.

 

  • Bolinhos integrais

Também bastante práticos por terem um tamanho ideal para um lanche e serem embalados individualmente, os bolinhos integrais parecem ser melhor opção diante de um bolo industrializado recheado ou coberto de chocolate. “As versões integrais se diferenciam pela presença de fibras, mas não podemos afirmar que são opções saudáveis. Bolinhos industrializados possuem alta quantidade de açúcar e gordura, além de aditivos químicos”, diz a nutricionista.

 

Que tal fazer em casa?

Bolos caseiros são melhores opções para as crianças, pois é possível acrescentar farinhas integrais e frutas, e reduzir a quantidade de açúcar e gordura na preparação. “Além disso, os bolos caseiros são livres de conservantes, corantes e aromatizantes artificiais”, destaca Julieta.

 

  • Barra de cereais

Por ser composta de cereais, aparenta ser um produto nutritivo para matar a fome nos intervalos entre as refeições, além de prometer fornecer fibras, vitaminas e minerais. No entanto, as barrinhas são calóricas e geralmente possuem xarope de milho, que é rico em açúcar e gordura saturada, e muitas são ricas em sódio.

 

Troca esperta

Faça um mix de castanhas e frutas secas e coloque em potinhos de porção individual para o lanche das crianças. “Existem até barras de cereais que são saudáveis, mas a maioria não é. Preste atenção na lista de ingredientes na embalagem e escolha sempre as barras com maior teor de fibras, frutas, grãos integrais e menos gordura”, sugere o nutrólogo André Veinert.

 

  • Bebidas à base de soja

Também chamados de suco de soja e com diferentes sabores artificiais de frutas, essas bebidas são semelhantes aos sucos de caixinha. “A maioria contém aditivos químicos, baixa ou nenhuma quantidade de suco de fruta natural e/ou altas concentrações de açúcar. A quantidade de soja nessas bebidas é irrisória, portanto, é mais uma variação de suco industrializado”, alerta a nutricionista.

 

Melhor opção

Para substituir essas bebidas industrializadas, novamente os sucos naturais são a melhor escolha. Também é possível preparar vitaminas com frutas frescas e leite desnatado, caso a criança não apresente intolerância à lactose ou alergia à proteína do leite.

 

  • Sopa instantânea

Apesar de parecer ser uma refeição leve, que não engorda e ainda fornece nutrientes, já que muitas opções contêm legumes e até carnes, as sopas industrializadas são repletas de sódio. “Se o consumo for frequente, a longo prazo pode desencadear problemas sérios, como doenças cardiovasculares e hipertensão”, alerta o nutrólogo. Além disso, as sopas de pacotinhos têm uma parcela ínfima de legumes e verduras desidratados, que pouco contribuem com o fornecimento de vitaminas, minerais e fibras.

 

Preparo fácil e rápido

Fazer uma sopa nutritiva e saborosa para os pequenos não requer muito esforço. Basta escolher os legumes preferidos deles e colocar para cozinhar com um tipo de carne e um caldo natural de galinha, de legumes ou de carne (para prepará-lo, basta ferver, por algumas horas, água, legumes e temperos naturais e coar). Para atrair a atenção das crianças, é válido acrescentar macarrão de letrinhas, por exemplo.

 

Leia o rótulo, sempre!

Para não levar para casa um produto prejudicial acreditando que ele é saudável, é fundamental ter atenção a todas as informações da embalagem. No rótulo, os ingredientes que aparecem primeiro são os que estão em maior quantidade, ou seja: se açúcar é o primeiro item da lista, é o ingrediente que mais se encontra no produto. Compare diferentes marcas do mesmo alimento e escolha o que tiver menor quantidade de sódio, gorduras e açúcar.

 

Nossas fontes:

André Veinert é nutrólogo

Julieta HarumiTajima é nutricionista

Please reload

Please reload

+ NOTÍCIAS

Criança que passa pouco tempo ao ar livre tem mais chance de desenvolver miopia

1/10
Please reload

Siga
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Pinterest Icon
RSS Feed

Fale conosco

Whats: 15 99129-4846 | 11 3368-7702

Email: redacao@namochila.com

A revista das escolas particulares de Sorocaba e região
A revista das escolas particulares de Sorocaba e região

Certificado

SELO SOCIAL 2014 / 2015