Problemas renais em crianças podem ser detectados na gestação

As cólicas renais, geralmente provocadas por cálculos (as chamadas “pedras nos rins”, calcificações que se formam no órgão), podem atingir também os pequenos. O diagnóstico precoce é importante para evitar consequências mais graves, como a necessidade de remoção do rim ou até mesmo de um transplante.

“É possível diagnosticar problemas de má formação renal ou no trato urinário ainda na gestação. Os problemas renais são os mais fáceis de identificar no ultrassom e, após o nascimento, a criança já começa a fazer o tratamento”, explica o urologista pediátrico Núncio Vicente de Chiara, do Hospital Santa Isabel.

Nas crianças, a ocorrência de calcificações nos rins geralmente é genética e pode ser tratada com a litotripsia, procedimento que consiste em pulverizar o cálculo por meio de ondas de choque, facilitando sua eliminação junto com a urina.

#notícias #saúde #gestação #problemasrenais