Crianças com problemas respiratórios em casa? Saiba o que fazer

Peito chiando, falta de ar, tosse e aumento do cansaço são alguns dos sintomas que atacam crianças com problemas respiratórias. Os tipos existentes dessas doenças são diversos, mas o importante é saber que sempre é possível preveni-las dentro de casa.

 

“O maior vilão que podemos encontrar é o ácaro, que deve ser eliminado” afirma a enfermeira Sarah Lazaretti. Com os cuidados certos, é possível proteger-se e evitar o pior. Confira algumas dicas da médica pediatra, alergista e imunologista, Dra. Flávia Romanelli:

 

• Os carpetes e tapetes devem ser removidos ou aspirados diariamente e escovados usando água e vinagre duas vezes por semana;

• As cortinas devem ser removidas e lavadas a cada 15 dias;

• Evitar colocar, nos móveis, objetos que possam acumular poeira, como livros, revistas, jornais, enfeites e bichos de pelúcia;

• Para a limpeza da casa, o ideal é passar um pano molhado no piso e outro úmido nos móveis. Deve-se evitar varrer a casa, espanar os móveis e bater o tapete;

• Evitar uso de produtos de limpeza, como ceras, lustra móveis e inseticidas. Também é importante usar desinfetantes de odor suave. Deixar janelas e portas bem abertas para que o odor desapareça rapidamente;

• Retirar plantas de dentro de casa;

• Combater mofo e a umidade dentro de casa;

• Evitar fumantes dentro de casa;

• De preferência, não ter animais, como gato, cachorro e passarinho ou evitar que eles permaneçam dentro da casa;

• Colchões, travesseiros e almofadas devem ser cobertos totalmente com plástico grosso ou capas antiácaros. Sempre que possível, devem ser expostos ao sol uma vez por mês, por uma hora;

• O Colchão deve ser trocado a cada cinco anos;

• Fronhas e lençóis devem ser trocados duas vezes por semana. Cobertores, colchas e edredons devem ser lavados a cada 15 dias;

• A cama deve ficar afastada da parede do quarto e, uma vez por mês, deve-se retirar o colchão e limpar o estrado da cama;

• Evite deixar a criança dormir na cama inferior do beliche;

• Evitar o uso de talcos, desodorantes, perfumes e outros produtos com cheiro forte;

• Conservar roupas pessoais, roupas de cama, livros e objetos em armários de portas fechadas para evitar o acúmulo de poeira;

• Evitar alimentos com corantes e conservantes;

• Evitar uso de produtos químicos nas crianças, como esmaltes, tintura, luzes ou produtos para alisamento nos cabelos e tatuagem de rena.

 

Fonte: Assessoria de imprensa da Alergoshop.

Please reload

Please reload

+ NOTÍCIAS

Criança que passa pouco tempo ao ar livre tem mais chance de desenvolver miopia

1/10
Please reload

Siga
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Pinterest Icon
RSS Feed

Fale conosco

Whats: 15 99129-4846 | 11 3368-7702

Email: redacao@namochila.com

A revista das escolas particulares de Sorocaba e região
A revista das escolas particulares de Sorocaba e região

Certificado

SELO SOCIAL 2014 / 2015