Vacina contra coqueluche para gestantes será oferecida na rede pública

coqueluche.jpg

O Ministério da Saúde pretende disponibilizar, ainda em 2014, a vacina tríplice acelular (DTPa), que protege contra tétano, difteria e coqueluche, para gestantes preferencialmente a partir da 27ª semana de gestação.

O objetivo é reduzir a transmissão da coqueluche entre recém-nascidos e garantir proteção indireta nos primeiros meses de vida, já que, uma vez imunizada, a mãe produz anticorpos que serão passados para o feto por meio da placenta.

O recomendado é que as pessoas que terão contato frequente com o bebê, como pai, irmãos e avós, também sejam imunizadas, pois a doença é transmitida por meio das gotículas de saliva expelidas ao falar, tossir ou espirrar, ou ainda pelo contato com objetos contaminados com secreções do doente, como talheres.

A coqueluche é uma doença infecciosa causada por bactéria, que compromete o sistema respiratório. Bebês menores de seis meses são os mais propensos a apresentar formas graves da doença, que podem causar pneumonia, convulsões e até ser fatal, daí a importância da prevenção.

Por Marisa Sei

#notícias #saúde #coqueluche #difteria #tétano #vacina #gestação #recémnascidos