Pediatra ensina os principais cuidados com o recém-nascido


recem-nascido.jpg

Os primeiros momentos do bebê em casa podem ser um pouco assustadores para as mamães de primeira viagem. Sempre há a preocupação daquilo que se pode ou não fazer e qual a maneira correta. E na hora do banho? Como segurar o bebê? A água esta quente demais? Quando alimentá-lo? Qual a posição certa para dormir? Para esclarecer essas duvidas e orientar os pais, a pediatra e neonatologista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Dra. Claudia Conti, fala sobre o assunto.

Desde o começo da gravidez já começam os preparativos para a chegada do bebe, mesmo assim a médica explica que é normal ao chegar em casa e tudo parecer mais difícil do que foi ensinado na maternidade, “A mulher nasce com o instinto maternal, e mesmo que sinta-se insegura, aos poucos as duvidas vão sendo sanadas e ela se sente mais segura e percebe que é mais capaz do que imaginava e que não é tão difícil assim”, explica a médica.

Veja mais algumas dicas da Dra. Claudia Conti para a chegada do bebe:

- O Choro

Quando o bebê está chorando nem sempre é por fome. A criança que chora por esse motivo, se acalma assim que mama, o que não ocorre quando o choro é de cólica. Podemos tentar acalmar o bebê, identificando primeiramente o motivo. Se ele estiver chorando querendo atenção, segurá-lo no colo, massageando as costas ou a barriguinha, transmite a segurança que ele precisa para se acalmar.

- Hora do banho

Este é um dos momentos mais especiais para a relação mãe – filho. Prepare o local do banho, separando tudo que for necessário, toalha e sabonete liquido. O melhor horário é sempre o mais quente, de preferência na hora do almoço. Evite sabonetes normais, perfumes ou até mesmo o talco muito odoroso, pois podem causar alergia no bebê. Para proteger a pele das partes íntimas, prefira um creme específico para esta faixa etária.

A banheira deve estar bem limpa e com a temperatura da água agradável ao toque, que ocorre por volta de 36,5º +/ -. Em caso de dúvida, utilize o dorso de sua mão para sentir a temperatura da água. Inicie a lavagem pelo rosto e pela cabeça e depois lave o resto do corpo. Não se deve esfregar a pele, para evitar lesões.

Ao retirar o nenê da água, envolva-o em uma toalha macia. Providencie para que o trocador fique perto do local do banho, para que a criança não tome correntes de ar. Seque, cuidadosamente, as dobrinhas e o umbigo.

- Cuidados com o umbigo

É importante que ele esteja sempre limpo, para isso, no banho lave com água e sabonete líquido glicerinado (indicado para o recém-nascido), seque- o bem e faça a limpeza diária de 4 a 5 vezes ao dia com álcool 70% e cotonete. É normal que ocorra um leve sangramento.

- Nariz

Nesta fase é normal que o bebe espirre, caso ocorra obstrução nasal, utilize soro fisiológico em temperatura ambiente, pingando mais ou menos 1 ml em cada narina. Não pingue descongestionantes comuns, pois podem ser perigosos para o bebe.

- Trocando as fraldas

Recomendações à mãe: Lave bem as mãos todas as vezes que for manipular o bebê. Forre sempre o local onde será feita a troca. Use algodão molhado em água morna ou óleo especial,