Uma feiticeira engraçada conta a história da música erudita brasileira

 

‘Operilda na Orquestra Amazônica’ é composta por valsas, modinhas e choros

           

Um espetáculo divertido e historicamente rico. Assim é a peça “Operilda na Orquestra Amazônica”, interpretada pela atriz e autora Andréa Bassit, que já trabalhou na TV em novelas como “Mulheres Apaixonadas” e “Passione”. A montagem será encenada no teatro do Sesc Sorocaba no dia 28 de junho, domingo, às 16h. A entrada é gratuita para crianças de até 12 anos.

 

Andréa Bassitt interpreta uma feiticeira engraçada e apaixonada pelo Brasil. Ela tem como objetivo contar a história da música erudita brasileira para as crianças em apenas uma hora. Se conseguir, vai ganhar uma orquestra completa e, para isso, sua tia Opereta dá a ela uma camerata de seis músicos eruditos e Livrildo, um livro mágico que vai ajudá-la. Ao longo do espetáculo, com música interpretada ao vivo, Operilda passeará por diferentes ritmos musicais, estilos e compositores.

 

O repertório do espetáculo é composto por valsas, modinhas e choros de Ernesto Nazaré a Chiquinha Gonzaga, e pelo repertório erudito de Alberto Nepomuceno, Guerra Peixe, Villa-Lobos, Carlos Gomes e Tom Jobim, mostrando de maneira clara a influência popular e folclórica na formação da música brasileira erudita.

 

Criada pela atriz e autora Andréa Bassitt, entre 2005 e 2011, Operilda foi protagonista da série de concertos didáticos “Aprendiz de Maestro” - evento mensal apresentado pela Associação TUCCA - na Sala São Paulo, onde escreveu mais de 30 textos teatrais infantis inéditos sobre música erudita.

 

“Operilda na Orquestra Amazônica” tem como objetivo estimular a formação de crianças e do público em geral, a fim de desmistificar a imagem da música erudita como um tipo de arte de difícil acesso, oferecendo a plateias de diferentes origens sociais e culturais um espetáculo direto, bem-humorado, instrutivo e de qualidade, permeado pela linguagem universal da música.

 

Andréa Bassit

Andrea Bassit é formada pela Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo (USP). A atriz é autora e atua na peça “As Turca”, “Operilda na Orquestra Amazônica”, “Operilda na Ciranda de Villa-Lobos”, “A Flauta Mágica” e “O Maestro e a Feiticeira”. Já participou das novelas Mulheres Apaixonadas, Programa Sandy e Júnior, Retrato Falado, Álbum de Casamento e Passione. Andrea atua, é autora e diretora da série infantil “Tucca, o Aprendiz de Maestro”, na Sala São Paulo.

 

Serviço:

   Operilda na Orquestra Amazônica   

Dia 28 de junho, domingo, às 16h

Local: Sesc Sorocaba, teatro, rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade

Classificação: livre

275 lugares

 

Ingressos: R$ 17,00 (inteira); R$ 8,50 (usuário com cartão válido inscrito no Sesc e dependentes, aposentados, + 60 anos, servidor da rede pública de ensino e estudantes com comprovante); R$ 5,00 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo credenciados no Sesc e dependentes – Credencial Plena). Entrada gratuita para crianças de até 12 anos

 

Estacionamento:

Para matriculados no Sesc = R$ 3,00 a primeira hora e as demais horas R$ 1,00.

Não Matriculados = R$ 6,00 a primeira hora e as demais horas R$ 2,00.

 

Mais informações:

(15) 3332-9933 ou www.sescsp.org.br/sorocaba

Please reload

Please reload

+ NOTÍCIAS

Criança que passa pouco tempo ao ar livre tem mais chance de desenvolver miopia

1/10
Please reload

Siga
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Pinterest Icon
RSS Feed

Fale conosco

Whats: 15 99129-4846 | 11 3368-7702

Email: redacao@namochila.com

A revista das escolas particulares de Sorocaba e região
A revista das escolas particulares de Sorocaba e região

Certificado

SELO SOCIAL 2014 / 2015