Nutrição infantil: vegetarianismo sem risco


Especialista dá dicas de como elaborar uma dieta equilibrada e sem carência de nutrientes

Atualmente, a exclusão do consumo de carne também é uma realidade no universo infantil. Cada vez mais crianças estão aderindo ao vegetarianismo. No entanto, existem muitas dúvidas sobre o tema e a melhor forma de elaborar um cardápio adequado e que não prejudique a saúde e crescimento dos pequenos. De acordo com a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), a dieta vegetariana pode ser ovolactovegetariana (sem carne, mas com ovos, leite e derivados); lactovegetariana: (sem carne e ovos, mas com leite e derivados); ovovegetariana (sem carne, leite e derivados, mas com ovos) ou vegana (sem carne, leite e ovos).

Em qualquer dos quatro casos, a recomendação é que os pais busquem orientação de profissionais da área da nutrição para adequar a alimentação dos seus filhos e façam a substituição de cardápio de maneira adequada. “É importante apresentar para a criança, desde pequena, os diferentes alimentos, assim elas vão aprender na prática a comer corretamente”, explica Cristina Ferreira.

Abaixo, a especialista separou alguns nutrientes essenciais para o bom desenvolvimento das crianças vegetarianas.

* FERRO O ferro na fase da infância é muito importante. O componente pode ser encontrado em legumes e verduras como brócolis, agrião e todas as outras que tenham a cor de característica verde-escuro. * PROTEÍNA A proteína também não pode ficar de fora, pois é responsável pelo desenvolvimento e crescimento da criança. Ela pode ser encontrada em castanhas, nozes e produtos vegetais como a soja, que tem um alto teor de proteínas. * ZINCO O zinco protege o sistema imunológico do organismo, e pode ser encontrado em grãos como: gergelim, gérmen de trigo e na soja. Deixe os grãos de molho durante a noite, isso melhora a absorção do zinco. * VITAMINA B12 A vitamina B12 corresponde ao desenvolvimento do sistema nervoso e cognitivo. São encontradas no queijo e no leite. Para os veganos, a suplementação deve ser prescrita por profissionais da área médica.

Fonte: Assessoria de imprensa da Superbom.

#notícias #alimentação #vegetarianismo #nutrição