Antidepressivos na gravidez podem elevar o risco de autismo

Pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Montreal, no Canadá, mostrou que o uso de medicamentos antidepressivos nos dois trimestres finais da gravidez aumenta em 87% o risco de autismo para a criança.

 

O estudo baseou-se em dados de mais de 145 mil gestações, que revelaram que de 6% a 10% das mulheres grávidas são tratadas com esse tipo de medicamento.

 

Foram analisados dados de crianças nascidas no Canadá entre janeiro de 1998 e dezembro de 2009 – entre os 145.456 bebês, 1.057 foram diagnosticados com autismo.

 

Do total de bebês, 4.724 (3,2%) foram expostos a antidepressivos quando estavam dentro do útero e 71 deles apresentaram a doença.

 

Para os pesquisadores, as causas do autismo ainda não estão clara, mas sabe-se que genética e ambiente podem influenciar e que os medicamentos no segundo ou terceiro trimestre de gravidez quase dobra o risco de que a crianças seja diagnosticada com autismo por volta dos sete anos.

 

 

Por Marisa Sei

Please reload

Please reload

+ NOTÍCIAS

Criança que passa pouco tempo ao ar livre tem mais chance de desenvolver miopia

1/10
Please reload

Siga
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Pinterest Icon
RSS Feed

Fale conosco

Whats: 15 99129-4846 | 11 3368-7702

Email: redacao@namochila.com

A revista das escolas particulares de Sorocaba e região
A revista das escolas particulares de Sorocaba e região

Certificado

SELO SOCIAL 2014 / 2015