Saiba como prevenir a lombalgia no último trimestre da gravidez

A gestação é um período marcado por diversas mudanças, por isso, alguns cuidados são necessários para evitar problemas como a lombalgia

O último trimestre da gestação é um período em que as mudanças no corpo são mais sentidas pelas futuras mamães. É neste momento que algumas alterações posturais causam certos desconfortos para as grávidas. A lombalgia gestacional, caracterizada pela presença de dor na região inferior e posterior das costas, é um sintoma comum entre as mulheres em período gestacional e costuma se acentuar nas últimas semanas de gravidez.

“Isto ocorre, pois há um deslocamento do centro de gravidade do corpo para frente, em consequência ao aumento da barriga, fazendo com que a mulher adote uma postura para compensar as alterações. Esta postura é caracterizada pelo aumento da curvatura lombar, chamada de hiperlordose lombar, que sobrecarrega os músculos da região, causando dor”, explica Regis Severo, fisioterapeuta.

Este é um processo natural do corpo humano frente a estas e outras alterações que acontecem no organismo da gestante. O exercício físico de leve intensidade, que serve para a melhora da postura, proporciona maior flexibilidade, força muscular e auxilia na redução destes desconfortos. Além disso, o uso de órteses abdominais pode ajudar na redução da sobrecarga aos músculos desta região e a uma menor pressão sobre a coluna lombar.

“A órtese é ideal para sustentar o peso da barriga sem comprimir o abdômen, reduzindo, assim, a pressão sobre a pelve e o nervo ciático. Além disso, também serve para aliviar a tensão sobre os músculos e ligamentos, diminuindo o desconforto nas pernas e costas”, afirma o fisioterapeuta. Vale ressaltar que é muito importante que tanto o uso da órtese abdominal, como a realização de exercícios físicos durante a gravidez sejam orientados por um profissional habilitado.

Fonte: Assessoria de imprensa da Mercur.

#notícias #gestação #lomblagia

+ NOTÍCIAS