Criança que recebe carinho torna-se um adulto mais feliz

Isso é o que comprovou um estudo feito pela Universidade de Notre Dame, nos Estados Unidos. E mais: o excesso de carinho e de afeto  nos primeiros meses de vida é de extrema importância para a formação do adulto.

 

"Os seres humanos são criados com todo cuidado durante a infância porque combina com a maturação natural da criança. Essa evolução foi formada há 30 milhões de anos", informa a professora de psicologia Darcia Narvaez, que coordenou essa pesquisa.

 

Para chegar a este resultado, Narvaez e sua equipe elaboraram uma série de perguntas sobre a infância dos adultos como "Quanto de carinho você recebeu?", "Brincava livremente dentro e fora de casa?", "Fazia atividades em família?", "Sentia-se apoiado?".

 

 

  Adultos que receberam afeto  

 Demonstraram ter menos depressão e ansiedade, maior capacidade de empatia e compaixão. 

 

 

  Adultos que NÃO receberam afeto  

 Exibiram piora na saúde mental, mais desconforto em situações sociais e menor capacidade de empatia. 

 

 

"Sem esse afeto durante a infância, o adulto se torna mais reativo ao estresse. É difícil ser compassivo quando você está focado em si mesmo. Podemos notar adultos que não passaram por este processo em situações críticas do cotidiano", finaliza Narvaez.

 

 

Por Marisa Sei

Please reload

Please reload

+ NOTÍCIAS

Criança que passa pouco tempo ao ar livre tem mais chance de desenvolver miopia

1/10
Please reload

Siga
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Pinterest Icon
RSS Feed

Fale conosco

Whats: 15 99129-4846 | 11 3368-7702

Email: redacao@namochila.com

A revista das escolas particulares de Sorocaba e região
A revista das escolas particulares de Sorocaba e região

Certificado

SELO SOCIAL 2014 / 2015