Complexidade do leite materno explica a importância para os bebês, mostra pesquisa

Entre todos os mamíferos, o ser humano é o que apresenta o leite mais complexo, segundo uma revisão de estudos publicada na revista científica Trends in Biochemical Sciences.

O alimento contém mais de 200 moléculas de açúcar, enquanto o leite de vaca apresenta em média 50.

Além de nutrir a criança, também servem para desenvolver a flora intestinal, porém não se sabe ao certo o papel de cada um dos tipos de açúcar.

Como o bebê nasce livre de qualquer bactéria, a primeira função do leite materno é fortalecer o sistema imunológico, por isso, o líquido produzido logo após o nascimento é rico em anticorpos.

Um mês depois, sua composição se modifica, diminuindo em anticorpos e em diversidade de açúcares, mas crescendo em gordura e outros nutrientes que promoverão o crescimento da criança.

A pesquisa reforça a importância da amamentação para o desenvolvimento do bebê e que o leite materno é insubstituível, apesar de existirem casos em que o aleitamento não é possível.

Por Marisa Sei

#leitematerno #curtinhas #alimentação #amamentação

+ NOTÍCIAS