Planejamento gestacional também deve incluir visitas ao dentista


Centro Odontológico Morumbi

Problemas simples como placas bacterianas podem interferir no tempo da gestação.

O ideal é tratar a saúde bucal antes da gravidez

As mulheres que pretendem engravidar têm uma lista de cuidados a tomar. É preciso acompanhamento do ginecologista para conferir como está o sistema reprodutivo; colocar a carteirinha de vacinação em dia e começar a tomar vitaminas, como o ácido fólico, por exemplo. O que a maioria delas não imagina, é que também devem dar uma atenção especial à saúde bucal.


De acordo com o dentista Fabiano Guskuma, as futuras mães não podem se descuidar da qualidade da saúde bucal, pois as lesões na boca servem de porta de entrada para outras infecções que podem ocasionar em doenças mais severas, como problemas de pressão arterial, por exemplo. “Um simples problema de placa bacteriana, se não tratado adequadamente, pode levar a futura mamãe a desenvolver problemas que interferem no desenvolvimento da gestação”, explica Guskuma.


O ideal, aconselha Guskuma, é a mulher que está tentando engravidar procurar um dentista para resolver todos os eventuais problemas bucais, como placas ou cáries, antes de engravidar.


Já estou grávida, e agora?


Os três primeiros meses de gestação necessitam uma atenção especial por parte do dentista, pois é o período mais delicado da gestação. Neste sentido é recomendado que a paciente realize procedimentos bucais apenas no segundo trimestre de gestação, nos casos em que a gestante não possua nenhuma enfermidade urgente.


“Esta avaliação deve ser realizada em parceria entre o dentista e o ginecologista. Por isso é extremamente importante a gestante continuar as visitas periódicas durante a gravidez para que o profissional possa avaliar a evolução da saúde bucal e interferir em caso de necessidade”, conclui o dentista.




Fonte: Assessoria de imprensa da Clínica Oral Sin

#dentista #gravidez #notícias #gestação #saúde

+ NOTÍCIAS