10 sugestões ao ar livre para estimular o brincar


Foto: Casntock.

Que tal voltar a ser criança, se divertir e ainda ajudar seu filho a crescer

com mais qualidade e afeto? Vem brincar!

Adulto é trabalho, correria, responsabilidade, estresse e dias cinzas – criança é brincadeira, paz, espontaneidade, leveza e cores. Dois mundos separados por travessão. Mas esses dois lados não são extremos. Eles podem conviver e se misturar muito bem, formando um universo rico em experiências, aventuras e desenvolvimento.

O elo para essa relação chama-se “brincadeiras”. Quando pais e filhos estão juntos nesta aventura, o resultado só pode ser positivo. “Brincar com as crianças é uma das melhores formas de exercer o papel de pai ou de mãe. É vital para o desenvolvimento e aprendizado das crianças. Por essa razão, os pais precisam conhecer a importância de oferecer a seus filhos oportunidades para brincar nas mais diferentes formas e locais”, destaca Marilena Flores Martins, assistente social, cofundadora da Associação Brasileira pelo Direito de Brincar e à Cultura (IPA Brasil).

Estimular a criança a brincar ao ar livre, de preferência junto com os pais, traz uma série de benefícios para o seu crescimento saudável. Entre as vantagens, estão ajudar na formação de vínculos afetivos positivos; transmitir à criança sentimento de afeto e segurança; ajudá-la a perceber o mundo; oferecer uma ampla oportunidade de experiências e aprendizado.

“Desde que haja um bom vínculo afetivo entre pais e filhos e disposição dos mesmos para brincarem juntos, o estímulo para as brincadeiras em espaços externos surgirá naturalmente, uma vez que o melhor brinquedo para uma criança é um adulto disposto a brincar com ela. Principalmente nos primeiros anos de vida”, reforça Marilena.

Foto: Canstock.

“Escolha UMA BRINCADEIRA por FIM DE SEMANA para fazer com seus filhos, isso será importante para SAIR DA ROTINA e se DIVERTIR

muito em família.”

Sheila Leal

Longe do virtual

Tirar as crianças da tecnologia não é nada fácil, é verdade! Coloridos, dinâmicos e de retorno instantâneo, os eletrônicos acabam ganhando a atenção dos pequenos e dominando boa parte do seu dia. Muitas brincadeiras tradicionais da infância acabam se perdendo. Porém, essas brincadeiras ao ar livre são importantes e trazem muitos benefícios para as crianças, como afirma a psicopedagoga e fonoaudióloga, Sheila Leal: “Além de tirar as crianças da rotina, as brincadeiras ao ar livre também trabalham o desenvolvimento e promovem melhorias em vários pontos, como criatividade, agilidade, concentração, raciocínio lógico, socialização e estratégia”.