Rotina de sono deve ser mantida durante as férias das crianças


(Foto: Freepik)

No período de férias escolares é comum a garotada sair da rotina e acordar mais tarde e, consequentemente, ir para a cama mais tarde. Além de não ser possível recuperar as horas de sono perdidas, essa mudança repentina nos hábitos pode atrapalhar a volta às aulas porque leva semanas até que a criança se acostume a dormir cedo novamente, prejudicando o rendimento escolar. De acordo com a consultora do sono, Renata Federighi, essas mudanças nos horários de dormir podem trazer consequências a longo prazo, afetando a concentração, o humor e a aprendizagem.

"A produção do hormônio do crescimento e da melatonina fica desregulada, provocando sono de má qualidade e causando cansaço durante o dia. É possível ter flexibilidade em relação a rotina das crianças durante as férias, mas é indicado que nos últimos dias os horários de dormir e acordar sejam mais próximos aos habituais durante o período letivo", explica.

(Foto: Freepik)

(Foto: Freepik)

Para que o organismo não sofra as consequências nesse tempo, a especialista sugere algumas dicas para um sono de qualidade. Veja:

Atenção à postura

A posição de lado com dois travesseiros é a mais indicada pelos especialistas. Um deles deve apoiar a cabeça, em altura que se encaixe perfeitamente entre ela e o colchão, formando um ângulo de 90 graus no pescoço. O segundo travesseiro deve ser usado entre os joelhos, que devem estar semiflexionados, para melhor alinhamento da coluna.

Silêncio e ambiente escuro

Mantenha o ambiente escuro. A claridade interfere na produção da melatonina, o hormônio que avisa o cérebro que está na hora de dormir. Além disso, evite atividades que atrapalhem um sono profundo, como assistir TV deitado na cama, utilizar o computador ou ficar horas no celular.

Alimentos leves antes de dormir

Quanto maior a refeição noturna, maior a dificuldade de digestão. Portanto, alimente-se até três horas antes de ir para a cama e dê preferência a alimentos leves e ricos em triptofano, que ajudam na produção de melatonina

Atividades relaxantes

Procure relaxar. Até três ou quatro horas antes de deitar faça alguns movimentos tranquilos de alongamento. Ao liberar adrenalina, o exercício físico aquece e relaxa a musculatura, evitando lesões, dores musculares e problemas ortopédico.

Fonte: Renata Federighi, consultora do sono da Duoflex.

Este conteúdo é compartilhado pelo Programa Escolas do Bem, do Instituto Noa.

#saúde #notícias #sono #rotina

+ NOTÍCIAS