Saiba como estimular a atenção do seu filho

 

A infância é uma época cheia de novos conhecimentos e estímulos e, por isso, também é um período no qual a criança pode ter dificuldade para manter a atenção nas atividades que desenvolve, podendo acarretar em problemas recorrentes de compreensão e aprendizagem.

 

Você sabia que praticar de esporte, brincar ou criar um ambiente propício para a concentração e até consumir alguns alimentos podem mudar este cenário?

 

A pediatra Denise Katz selecionou ações que os pais podem instigar diariamente nas crianças para que elas tenham melhor domínio de atenção. Veja:

 
Práticas esportivas podem contribuir para a boa concentração

 

A prática regular de exercícios e brincadeiras com quebra-cabeça, jogos de memória e adivinhação, desafiam a inteligência e o pensamento lógico, além de estimular a atenção e observação da criança. Estas práticas melhoram as funções cerebrais e criam a produção de sinapses neuronais e novas conexões neurais, além de auxiliarem na liberação de energia corporal.

 
É essencial dormir bem

 

Após um dia intenso de atividades, a criança precisa dormir pelo menos 9 horas para estar revigorada para o próximo dia. Para que seu filho durma bem, incentive que ele deite cedo, por volta das 20h00, e pare de utilizar eletrônicos até uma hora antes de dormir.

 
Cuidado com o excesso de tecnologia

 

O excesso de tecnologia é vilão da concentração infantil. Evite que as crianças tenham contato excessivo de estímulos visuais e sonoros como TV, celular e videogame.  Nos momentos de estudo, crie um ambiente organizado, silencioso e iluminado, isso auxiliará o seu filho a identificar qual é o seu foco de atenção naquele momento.

 
Alimentar-se bem e absorver nutrientes é essencial

 

O cuidado com a alimentação nesse período é primordial. A ingestão de alimentos ricos em vitamina E, magnésio e ômega 3 contribuem para melhor concentração e memória. A suplementação com DHA e EPA, ácidos graxos insaturados presentes no ômega 3, ajuda crianças com dificuldades de aprendizado e alterações comportamentais.

 

Por Hugo Shigematsu

 

Fonte: Denise Katz, pediatra.

 

Este conteúdo é publicado na revista NA MOCHILA e compartilhado pelo Programa Escolas do Bem, do Instituto Noa.

Please reload

Please reload

+ NOTÍCIAS

Criança que passa pouco tempo ao ar livre tem mais chance de desenvolver miopia

1/10
Please reload

Siga
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Pinterest Icon
RSS Feed

Fale conosco

Whats: 15 99129-4846 | 11 3368-7702

Email: redacao@namochila.com

A revista das escolas particulares de Sorocaba e região
A revista das escolas particulares de Sorocaba e região

Certificado

SELO SOCIAL 2014 / 2015